Inicio / Destaque / Dicas para comprar imóveis em Leilão

Dicas para comprar imóveis em Leilão

Os leilões de imóveis são cada vez mais procurados por aqueles que buscam bons negócios imobiliários com valores até 20% abaixo do mercado. O sistema de leilão de imóveis também é considerado muito empolgante por seus adeptos, pois a disputa geralmente é acirrada para garantir a compra dos melhores bens.

Informe-se

Entretanto, se você decidiu participar de um leilão de imóveis deve ter disponibilidade e conhecimento a respeito dos bens que serão leiloados e por isso esta prática é considerada bastante trabalhosa. Você precisa estar apto para:

  • Levantar dívidas antigas dos imóveis;
  • Checar os documentos;
  • Ler com a devida atenção o edital do leilão;
  • Verificar quais são as melhores formas de pagamento.

Mesmo depois de tanto trabalho você deve ter em mente que indo ao leilão de imóveis nem sempre o imóvel desejado será arrematado, isso vai depender dos lances que serão dados pelos vários interessados.

Inadimplência

A inadimplência é a principal causa do crescimento do número de imóveis que vão a leilão em todo país. A legislação brasileira é muito severa quando se trata do mutuário inadimplente, no caso dos contratos em que está prevista a alienação fiduciária, havendo o atraso de 03 meses nas prestações, o banco já pode entrar em contato com o proprietário informando que o bem imóvel será levado a leilão.

Nos sites dos principais bancos que possuem linha de crédito imobiliário é possível encontrar a agenda dos leilões e a relação de imóveis residenciais e comerciais que irão a leilão.
Se você pretende adquirir um imóvel através de um leilão é preciso se precaver para que o negócio que antes parecia vantajoso não se torne motivo de dor de cabeça e de muito prejuízo. É necessário ter cuidado para não embarcar em uma “canoa furada”.

 

Dicas para comprar no leilão de imóveis

1) Fique atento a todas as informações contidas no edital

O edital do leilão pode ser considerado seu guia de compras, nele você vai encontrar todas as informações importantes sobre os imóveis que serão leiloados e sobre a negociação:

  • Descrição das condições de venda;
  • Descrição do estado de conservação do imóvel;
  • Preço mínimo do imóvel;
  • Modelo do contrato;
  • Comissão do leiloeiro;
  • Condições de pagamento;
  • Impostos que deverão ser pagos.

Lembre-se em caso de você dar o lance vencedor e por ventura desistir da compra estará sujeito à prisão, pagamento de multa e impedimento de participar de leilões por até um ano.

2) Valores dos imóveis

Pesquise sempre os valores dos imóveis, nem sempre a avaliação para o leilão está correta, por isso é interessante contar com o auxilio de um corretor de imóveis de confiança que conheça bem a região onde o mesmo está localizado e tenha o valor real em mãos.

3) Opte por imóveis desocupados

Para evitar futuros problemas judiciais, opte por imóveis desocupados. Atenção: 90% dos imóveis que vão a leilão ainda estão ocupados, ou seja, os antigos proprietários ainda não foram despejados. Quando você arremata um imóvel, recebe uma carta de arrematação que lhe permite solicitar a desocupação do mesmo. Porém é comum existir recursos contra a execução e arrematação do imóvel que serão analisados pela justiça e pode demorar muitos anos para que aconteça a desocupação.

4) Qual a melhor forma de pagamento

No edital do leilão você encontra todas as regras sobre as condições de pagamento. Saiba mais:

  • Você deve arcar com o pagamento de 05% da comissão adicional ao leiloeiro;
  • Em geral deve-se pagar a vista o valor correspondente a 30% do imóvel;
  • Em alguns leilões é permitido o uso do FGTS;

Se for optar pelo financiamento do restante do imóvel, deve-se obter a linha de crédito antes do leilão.
5) Defina o lance máximo

Para evitar um endividamento maior do que você pode honrar, ou mesmo gastar mais do que tinha planejado, saia de casa com o lance máximo definido e resista à empolgação. É papel do leiloeiro criar um ambiente de competição bem acirrada e você precisa saber até onde deve e pode ir. Lembre-se sempre o motivo de participar de um leilão é sair ganhando.

6) Dívidas

Faça o levantamento prévio das dívidas que por ventura possa existir:

  • IPTU;
  • Taxas;
  • Condomínio;
  • INSS de funcionários que efetuaram alguma reforma.

7) Visite o imóvel antes do leilão

Fazer uma visita ao imóvel para verificar suas reais condições é essencial, passe um tempo pesquisando também a região e a vizinhança. Jamais compre um imóvel sem conhecê-lo.

8) Registre e garanta seu imóvel

Assim que você arrematar o imóvel providencie seu registro para evitar que o mesmo não seja colocado à venda em outro leilão. Informando ao cartório, a venda fica registrada na matrícula do imóvel.

Tomando os devidos cuidados e fazendo as pesquisas a respeito dos imóveis, suas chances de sair ganhando no leilão de imóveis serão bem maiores.

 

Fonte: http://www.hkleiloes.com.br/

Além disso, verifique

cotia

Lote industrial em Cotia

OPORTUNIDADE ÚNICA PARA INVESTIDORES! http://www.dinamicaleiloes.com.br/…/TRT/Cidades/154/4922/5/1 Best free WordPress theme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Powered by keepvid themefull earn money