Inicio / Destaque / Economize nas compras com os leilões eletrônicos

Economize nas compras com os leilões eletrônicos

Entenda como funcionam os pregões eletrônicos para aproveitar os descontos proporcionados por esse tipo de transação sem cair em roubadas.

As notícias de que bens apreendidos na Operação Lava-Jato e na casa do empresário Eike Batista irão a leilão nos próximos meses têm despertado a curiosidade da população para esse tipo de transação. Muita gente ignora, mas é possível participar de leilões via internet, o que vem popularizando essas operações no Brasil.

Os carros são o produto preferido pelos brasileiros nesses pregões. “Eles podem ser arrematados por 60% do preço da tabela”, diz Pedro Barreto, da Superbid, de São Paulo, especializada em leilões eletrônicos. Mas é possível adquirir diversos itens, como móveis, relógios, eletrônicos e até imóveis, por até metade do preço. Os interessados, entretanto, precisam tomar alguns cuidados e estar preparados para pagar à vista os itens arrematados (veja quadros). Quem toma as precauções necessárias é recompensado com descontos e boas pechinchas. O bolso agradece.

Ao gosto do freguês

Existem leilões online específicos para os mais variados tipos de bem. Entenda como cada um funciona, os riscos envolvidos e que precauções tomar para não sair no prejuízo

MÓVEIS, ELETRÔNICOS, JOIAS E OBRAS DE ARTE

Como funciona:  Qualquer tipo de produto pode ser leiloado. Lojas que queiram renovar o mostruário, construtoras que usaram os eletrodomésticos para decorar apartamentos de visitação em showrooms e até produtos apreendidos pela polícia são negociados em casas de leilões.

Quem oferece:  Empresas especializadas e a Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br).

Riscos:  Em geral, esses produtos não têm garantia. Por isso, se vierem a apresentar defeito, o prejuízo é do comprador. E lembre-se de que a retirada do bem adquirido é responsabilidade do arrematante, o que pode encarecer o valor final, dependendo de onde você morar.

Cuidados:  Por lei, os itens devem estar disponíveis para visitação antes do leilão. Por isso, antes de participar do pregão, examine de perto o produto e investigue sua origem para evitar problemas.

PASSAGENS AÉREAS

Como funciona: Para garantir o preenchimento total da aeronave, a companhia aérea leiloa semanalmente as passagens com menor procura, a preços promocionais. Quem oferecer o lance mais próximo do valor máximo esperado pela empresa fica com a passagem. “Quase sempre é possível ficar com as passagens pelo preço mínimo pedido”, diz Ronaldo Milan, da Milan Express, site especializado em leilões de passagens pela internet.

Quem oferece:  No Brasil, por enquanto, somente a Gol leiloa suas passagens, por meio da Milan Express: http://www.milanexpress.com.br/

Riscos:  As passagens adquiridas via leilão não são reembolsáveis, não pontuam em programas de milhagem nem preveem a possibilidade de troca se necessário.

Cuidados:  Só compre se tiver certeza de que vai viajar naquela data. Se não tem pressa, vale a pena ficar de olho nas promoções das companhias, que permitem adquirir reembolso e mudança de data.

LEILÃO DE IMÓVEIS

Como funciona:  Leilão de imóveis perdidos pelos antigos donos por falta de pagamento.

Quem oferece:  Bancos. Pesquise os imóveis disponíveis nos sites dessas instituições.

Riscos:  Se o imóvel estiver ocupado, obter na Justiça a liberação do espaço é responsabilidade do comprador.

Cuidados:  Verifique se o imóvel em leilão está vazio. No site da Caixa, dá para conferir essa informação ao pesquisar um imóvel. Com a matrícula dele, você também pode checar na prefeitura as dívidas de IPTU e, na administradora do condomínio, se há parcelas em atraso.

LEILÃO DE VEÍCULOS

Como funciona:  Dividem-se em judiciais (quando o veículo é tomado do dono por dívidas ou multas ou apreendido pela polícia) e extrajudiciais (quando uma empresa renova a frota).

Quem oferece:  Leiloeiros oficiais e os Detrans de alguns estados.

Riscos:  Não há garantias do bom estado do veículo e algumas seguradoras dificultam a venda de apólices para esses carros e motos.

Cuidados:  O arrematante não herda multas ou IPVA em atraso, mas é aconselhável que um mecânico inspecione o veículo antes do leilão.

Como fazer a compra

Saiba como se cadastrar e participar de uma venda pública pela internet

1. VERIFIQUE SE A CASA DE LEILÕES ESTÁ CADASTRADA NA JUNTA COMERCIAL DE SEU ESTADO. A INFORMAÇÃO TAMBÉM PODE SER CONFERIDA NO SITE DOS TRIBUNAIS DE JUSTIÇA ESTADUAIS.

2.  INSCREVA-SE NA PÁGINA DA CASA DE LEILÕES. ELA VAI VERIFICAR SE SEU NOME ESTÁ LIMPO, ANTECEDENTES CRIMINAIS E AVALIAR SE VOCÊ ESTÁ APTO A PARTICIPAR DE LEILÕES.

3.  COM BASE NOS INFORMATIVOS ENVIADOS PELO LEILOEIRO, ESCOLHA DE QUAIS PREGÕES QUER PARTICIPAR.

4.  ANTES DO LEILÃO, O BEM FICA DISPONÍVEL PARA VISITAÇÃO DURANTE ALGUNS DIAS, EXCETO EM CASOS ESPECIAIS, COMO O DE IMÓVEIS QUE ESTEJAM OCUPADOS.

5.  A MAIORIA DOS SITES DE LEILOEIROS TEM SIMULADORES PARA QUE VOCÊ PRATIQUE O USO DA FERRAMENTA. EM GERAL, DEPOIS DE CLICAR NO LOTE QUE LHE INTERESSA E DAR UM LANCE, DÁ-SE UM PRAZO DE 3 MINUTOS PARA O LANCE SEGUINTE. O VALOR ATUALIZADO APARECE AO LADO DO NICKNAME DO PARTICIPANTE QUE DEU O MAIOR LANCE.

6.  FIQUE ATENTO AO VALOR MÍNIMO DE INCREMENTO. CADA LANCE ELEVARÁ O PREÇO NESSE VALOR.

7.  O MAIOR LANCE FEITO DURANTE O LEILÃO VENCE A DISPUTA.

8.  UM BOLETO, COM 5% DE COMISSÃO, É EMITIDO PELO LEILOEIRO. QUEM NÃO PAGA É MULTADO EM ATÉ 25% DO VALOR DO BEM.

 

Fonte: http://exame.abril.com.br/

Além disso, verifique

cotia

Lote industrial em Cotia

OPORTUNIDADE ÚNICA PARA INVESTIDORES! http://www.dinamicaleiloes.com.br/…/TRT/Cidades/154/4922/5/1 Best free WordPress theme

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money