Inicio / Matéria / Cooperativa de flores de Mogi das Cruzes faz leilões semanais

Cooperativa de flores de Mogi das Cruzes faz leilões semanais

Além do leilão, cliente encontra venda direta.
Lances atraem produtores de todo o país.

A mesma demora observada no crescimento das hortaliças também acontece com as flores. Em Mogi das Cruzes, uma cooperativa faz leilões semanais e trabalha atualmente com apenas 20% do volume habitual. Os clientes têm que ter jogo de cintura para gastar mais tempo e conseguir comprar a quantidade que deseja.

O leilão da cooperativa SP Flores acontece uma vez por semana e atrai pessoas de várias cidades que vêm em busca de novidades, como as orquídeas.

A administradora de orquidário Andressa Seidel veio de Santa Catarina para buscar o produto e conseguiu 97 caixas de orquídeas. “Meu orquidário é focado em phalaenopsis  e venho buscar o cymbidium porque lá essa variedade não floresce muito bem. Então, compro e revendo lá. O cymbidium dura e não morre, ano que vem floresce”.

Além do leilão, a cooperativa trabalha com produtos para a  venda direta e quando alguém vem de longe não fica apenas no lance. Quando o leilão acaba é possível fazer uma compra grande. O problema é que muita gente está procurando, mas os produtos estão escassos.

Segundo o diretor-presidente da cooperativa, Tom Naoki Araki, eles estão trabalhando com 20% das mercadorias por causa do tempo frio. “A planta não consegue desenvolver o que aconteceria em uma época normal, então atrasa toda a produção e o produto não chega”.

A cooperativa trabalha atualmente com cerca de 70 cooperados, mas apenas 50 deles mandam produdos para o leilão.

Com a redução na oferta o jeito é pesquisar. É o que o produtor rural Wagner Aparecido Romualdo está fazendo. Ele é revendedor e veio de Minas Gerais. Não vai voltar apenas com o que conseguiu na loja e no leilão. “A logística ideal seria sair com toda a mercadoria aqui da cooperativa, mas vamos nos deslocar até os produtores para verificar o material disponível que eles têm nas estufas”.

Os preços também foram alterados, mas não ultrapassam 10%. O leião é realizado todas as terças-feiras, às 9h30. Informações pelo telefone 4795-9300.

Fonte: http://g1.globo.com/

 

Além disso, verifique

leilão-judicial

6 dicas de como fazer um bom negócio em um leilão de imóveis

Especialista em leilões elencou os principais pontos que você deve prestar atenção antes de comprar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by keepvid themefull earn money